Arquivo da categoria: Identificando Estilos

Identificando estilos – Ladylike

Retomando a categoria “Identificando Estilos” aqui do blog, chegamos em um estilo que promete ser o must have nessa temporada: O Ladylike. Depois de um bom tempo de masculinização do guarda roupa feminino entra em cena novamente um estilo que põe em evidencia todo o lado nosso lado delicado, a palavra “ladylike” em tradução livre significa “como uma dama” e não há nada mais elegante do que uma mulher que sabe se portar, se vestir e falar como uma verdadeira dama não acham?

Esse estilo é muito simples de ser identificado. É aquele look com um ar vintage, inspirado nos anos 40, com cintura bem marcada, muitos laçarotes, babados e estampas florais delicadas. O bacana nesse estilo é que por ser um clássico, atemporal ele nunca sairá de moda pela questão básica que as características femininas nunca deixarão de ser tendência. Lembram quando as boyfriend’s clothes apareceram nas fashion weeks? Nas mesmas semanas de moda podíamos encontrar em outros desfiles saias rodadas e cinturas marcadas por cintos. E agora a Louis Vuitton resgatou esse comportamento e retomou essa tendência.

Na cartela de cores do estilo encontram-se os tons pastéis e claras, muito rosa, azul, branco, nude. Estampas sempre florais e com motivos delicados e românticos. Aqui eu volto a falar da questão de identificar-se com o estilo, do contrário você não se sentirá confortável com a tendência. Buscando na história da moda e do cinema encontramos um ícone do estilo e musa ispiradora, Audrey Hepburn. Eu sou apaixonada pelas décadas de 40, 50 onde tudo era extremamente sutil, delicado e os valores pessoais ainda eram mantidos.

Quanto ao corte das peça pode ser reto, lápis, evasê, mas sempre com a cintura marcada, principalmente com cintinhos finos. Nós pés sapatos de bicos arredondados, salto ou sapatinhas. Os acessórios devem ser discretos, preferencialmente no estilo “solitário” e dê grande atenção as pérolas.

E para aquelas que amam seriados e Gossip Girl assim como eu, temos uma representante incrível do estilo, Blair Waldorf.

Minha dica final é que tenham um pouco de cuidado na hora de fazer a produção para não sair de casa que nem uma boneca. E aí, o que acham do estilo? Agora é a hora de liberar a Lady que existe em vocês.

*Mais posts sobre estilos da moda podem ser encontrados na lateral direita da página na categoria "identificando estilos"
Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Identificando Estilos

Identificando estilos

por Mariana de Moraes

Quando falamos de estilo, muitas pessoas dizem ter um estilo básico quando muitas vezes o seu estilo é minimalista. Há uma confusão e parece que os dois estilos são um só, quando na realidade são coisas distintas. Então vamos conhecer um pouco mais do estilo minimalista, para assim clarear (literalmente) essas dúvidas.

Bom, o  minimalismo tem grande relação com uma estética que apareceu nas artes-plásticas, literatura, design e várias outras manifestações artísticas na segunda metade do século passado. É tudo muito clean, o uso de cores neutras é constante e a  forma é maior aposta já que o minimalismo tem como maior apoio a geometria. O mininalismo é considerado a tendência mais inovadora e relevante das últimas temporadas, devido ao sucesso da coleção de verão 2010 de Phoebe Philo para a marca francesa Céline.

O que caracteriza ainda mais moda minimalista é a sofisticação no shape, na alfaiataria na atemporalidade unida a tecnologia e a uma cartela de cores reduzida de estética clean.

O minimalismo é antes de qualquer coisa, um estilo. Se você é adepta de peças lisas, mais ‘simples’, geralmente clássicas, ele combina muito com você. Caso contrário possivelmente esse não seja seu estilo principal. Por aqui  a frase que define é “less is more”.

Caso queiram conhecer  melhor outros estilos, as postagens sobre estão todas na categoria “identificando estilos” aqui na lateral da página meninas.
Beijinhos,

Deixe um comentário

Arquivado em Identificando Estilos

Identificando Estilos

por Mariana de Moraes

Olá meninas, decidi começar a fazer alguns posts falando um pouco mais de cada estilo existente no mundo da moda ( ou pelo menos alguns)  para que vocês consigam identificar o que mais combina com seu lifestyle, biotipo e o que mais agrada o olhar de cada uma.  Costumo dizer que cada uma de nós não têm apenas um estilo, e sim pelo menos três. Devido a grande quantidade de produtos de moda disponíveis no mercado fica difícil usar apenas roupas e acessórios de um determinado estilo, acabamos incorporando em nosso guarda roupa peças incríveis que muitas vezes não fazem parte do nosso estilo principal. Eu mesma circulo do Bohemian chic que é o estilo que vou falar hoje normalmente para o Girlie, por exemplo. Mesmo assim é importante conhecer  nosso estilo principal para na hora  da compra saber usar a moda em nosso favor.

Bom, o Bohemian chic ou “boho”chic é um estilo inspirado no movimento hippie e se baseia na mistura de peças étnicas, boêmias, hippies e folk em suas produções. Ele surgiu em 2003 em Londres e em Manhattan e logo despertou a curiosidade das antenadas em moda quando a atriz Sienna Miller arrasou vestindo roupas Bohemian Chic no Festival de Glastonbury, na Inglaterra, em 2004. Desde então o Boho Chic se tornou queridinho das meninas descoladas, ousadas e, acima de tudo, criativas o bastante para fazer combinações com um toque pessoal que é fundamental né meninas?!

O estilo aposta na sobreposição das peças. Os acessórios fazem toda diferença. Óculos gigantes, chapéus, botas e bolsas grandes são marca registrada do estilo. O bacana é brincar com os contrastes e com a inspiração retrô.

Sendo assim, não é preciso grandes investimentos para compor um look legal, basta dar aquela olhada super no guarda roupa de sua mãe ou avó, se aventurar em brechós e soltar a sua criatividade. Uma coisa importante na hora das produções é estar atenta a proporções e contraste de cores já que uma das características do estilo é a sobreposição de peças. Invista em tons terrosos,cores fortes, como chocolate, vinho, ferrugem e azul turquesa.

Invista também em headbands mais elaboradas para uma produção para a noite, trancinhas ou um cabelo mais bagunçadinho para o dia.

Lembre-se sempre de combinar de forma harmoniosa e as peças pois o look Boho mesmo tendo uma carinha bagunçada dá um bom trabalho para ser feito. E a graça é essa, parecer que não deu muito trabalho e sair daquela história do tudo combinando e arrumadinho. Inspirem -se, ousem!

beijinhos,

 

Deixe um comentário

Arquivado em Identificando Estilos, Uncategorized